Polêmica: Regime Estatutário volta a pauta da Câmara Municipal de SRN

0
54
Câmara Municipal de São Raimundo Nonato-PI

Mais uma vez o polêmico Regime Estatutário dos Servidores Municipais de São Raimundo Nonato, volta a pauta da Câmara Municipal de Vereadores para apreciação e aprovação.

O Projeto vem sendo barrado pelos vereadores sob a pressão do SINDISERM (Sindicato dos Servidores Municipais) desde a gestão passada, mesmo assim, a uma insistência por parte da atual gestão que já teve uma tentativa frustrada no final de 2017 e agora volta a enviar o projeto para a Câmara Municipal na tentativa de mudar o regime Seletista para Estatutário.

Andreia Alves, Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais (SINDISERM) em entrevista recente às rádios locais destacou os danos que este Projeto traz para a categoria, porque retira direitos adquiridos com muita luta, portanto, não é justo perder dessa maneira. Diz Andreia Alves.

“É preciso que os servidores municipais se mobilizem, vá às seções da Câmara cobrem uma posição de seus vereadores, para que não aprovem este Regime Estatutário. Caso contrário, todos serão penalizados com a perda de vários direitos adquiridos, além de terem que recorrer os seus direitos na Justiça Comum, onde dificultará e muito a resolutividade de ações trabalhistas”, ressalta Andreia Alves, presidente do Sindiserm.

São ações como esta que mostra o quanto os gestores não estão nem ai para a população. Não basta os piores salários dos professores e servidores em geral, os gestores ainda buscam alternativas para piorar ainda mais. Infelizmente elegemos nossos representantes para trabalharem por nós e como resultado vemos nossos representantes apresentarem propostas que estão na contração de uma gestão comprometida com os interesses da maioria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, preencha seu nome auqi